Jogos pedagógicos: como inseri-los em sala de aula?

Jogos pedagógicos: como inseri-los em sala de aula?

110

Os jogos pedagógicos são uma ótima ferramenta para despertar o interesse e a concentração dos alunos na hora de ensinar.

Não é de hoje que esse método vem sendo estudado. No século XX o psicólogo Jean Piaget escreveu o livro “A formação do Símbolo na Criança” e ressaltou que o lúdico está presente em nossa vida desde o nascimento. A criança não percebe, mas executa vários tipos de jogos pedagógicos, conforme vai amadurecendo.

Além disso, no Brasil esta prática já é vista como essencial no processo educacional e está expressa no “Referencial Curricular de Educação Infantil” (MEC/SEF/DPE, 1998).

Veja mais:
Sistema de Gestão Escolar: deixe a papelada de lado
Melhore a comunicação com os pais usando uma Agenda Digital
Descubra como captar alunos para a sua escola ou curso

Os jogos pedagógicos trazem muitos benefícios na aprendizagem como:

  • Atenção
  • Observação
  • Estratégia
  • Interação
  • Motricidade
  • Cognição
  • Afetividade
  • Moralidade

Mas como isso funciona na prática?

1- Desenvolvimento da cooperação

Para a maioria das pessoas adultas, as atividades em grupo são geradores de conflitos em diversos ambientes sociais. Esta visão começa lá no início da socialização do indivíduo, que acontece na escola.

Parte da responsabilidade de construir cidadãos com mais espírito de coletividade é da educação infantil. Existem formas simples e práticas de fazer com que as crianças entendam e vivenciem essas experiências por meio dos jogos em grupo.

Assim, os alunos entendem que, para vencer a partida, é necessária a ajuda de todo o time, em cooperação.

2-  Aumento da capacidade sensorial

Alguns jogos pedagógicos exploram bastante os quatro sentidos: o tato, o olfato, a visão e o paladar. Essas atividades colaboram para que a criança entenda melhor sobre as sensações e, ainda assim, possam aprender algo que esteja na base curricular da escola.

Com atividades voltadas para essas áreas, os alunos podem aprender muito mais sobre diversos conteúdos.

Um bom exemplo de jogo sensorial é levar as crianças para aprender sobre ciências em um jogo de perguntas e respostas enquanto plantam sementes em uma horta. O contato com a areia, a água e as folhas, proporcionam uma experiência que dificilmente será esquecida por elas.

3- Estímulo à criatividade

Ser criativo não é um dom como muitos pensam, mas sim uma característica que pode ser desenvolvida ou atrofiada por cada um de nós.

É na primeira infância que a criatividade floresce e, quando deixamos de estimular esta capacidade, nos tornamos adultos com baixo índice de criatividade e esquecemos que esta habilidade faz parte de todo ser humano.

Incentivar a imaginação na hora de aprender pode mudar a forma como seus alunos enxergam o mundo e certamente fará com que eles aprendam de uma forma muito mais efetiva.

Confira: Como estimular a criatividade em sala de aula?

4- Experiências de autoconhecimento

Jogar é aprender a ganhar e a perder. Muitas vezes não estamos preparados para o momento da perda. As crianças ainda estão entendendo seus próprios sentimentos e aprendendo a lidar com eles.

É importante respeitar o tempo do outro e ensiná-las que a frustração é um sentimento legítimo que precisa ser sentido, mas de uma forma leve e respeitosa.

Além disso, praticar a humildade quando se ganha é fundamental para o desenvolvimento social do aluno e os jogos pedagógicos colaboram nessa aprendizagem.

Comunicação Não-Violenta para Escolas: Desenvolvendo a inteligência emocional

Experimente na sua turma…

Separamos uma lista de jogos pedagógicos para você testar na sua escola:

  • De olhos vendados – O objetivo é estimular a atenção nos outros sentidos do corpo. Uma boa dica é fazer essa atividade nas aulas de artes. Assim a professora poderá usar materiais com texturas e formas diferentes para o aluno desvendar o que é cada objeto.
  • Brincando com as vogais – Neste jogo o aluno precisa completar as lacunas da frase com as vogais que correspondem. Para as aulas de idiomas, é uma boa forma de aprender a escrever e treinar o vocabulário.
  • Jogo das sombras – Essa atividade é bastante livre e pode ser usada nos momentos de recreação da turma. O objetivo é encaixar as figura nas sombras correspondentes ao desenho, estimulando a imaginação para além do óbvio. Você pode contar explicar alguma fase histórica do Brasil, com o jogo das sombras.
  • Jogo dos 7 erros – O objetivo é encontrar os erros da figura comparando com a anterior e exercitando a atenção. Nas aulas de ciências, essa atividade pode ser usada para memorizar as partes do corpo ou classes animais, por exemplo.

Veja como fazer um projeto de leitura criativo!

Use a tecnologia à seu favor

É fato que hoje em dia as crianças estão muito mais imersas no mundo digital. Isso faz parte da vida delas, da forma como elas se comunicam, se relacionam e também como aprendem coisas novas.

Ao invés de competir com as tecnologias, porque não aproveitá-las na sala de aula? Os jogos virtuais podem ser grandes aliados das escolas e principalmente, um diferencial de ensino.

Jogos pedagógicos na internet

Existem sites que possuem plataformas de jogos para auxiliar as escolas no processo de ensino. De uma forma lúdica e divertida, os jogos pedagógicos trabalham matemática, português, história e várias outras áreas de conhecimento.

Um desses sites é o Escola Games. Ele conta com uma programação que vai do nível fácil ao difícil, tendo jogos para todas as idades.

Alguns dos jogos pedagógicos:

Veja também:

A Flávia Calina é uma mãe e educadora que tem um canal de youtube para ensinar técnicas e tendências para uma educação mais lúdica. Separamos uma playlist de vídeos que ensinam a produzir atividades e jogos pedagógicos fáceis e criativos.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com um professor.

Clique e acesse: Infográfico Tendências em educação