Entenda o papel do professor na educação digital



tecnologia

Sabe aquela velha imagem da sala de aula, em que um professor fala e os alunos escutam enquanto copiam trechos nos seus cadernos? Pois é, tudo indica que, com a revolução digital, essa cena vai virar coisa do passado. A rotina em que o professor entra na sala de aula, realiza a chamada e copia todo o assunto no quadro negro está dando lugar a uma outra, muito mais dinâmica.

Não são poucas as salas de aula que estão equipadas com rede wi-fi. Na maioria das vezes, quando o professor entra na sala de aula, os alunos já têm acesso ao conteúdo do dia por meio de uma infinidade de sites educativos e enciclopédias on-line. Essas são mudanças que não podem ser ignoradas. Os tempos mudaram e os professores devem mudar juntar com eles, pois já não é possível se comportar da mesma forma quando as circunstâncias que se apresentam são tão diferentes.

A principal mudança que já acontece na sala de aula talvez seja a forma como o tempo é utilizado. O tempo foi otimizado e muitos dos processos de sala são intermediados por alguma tecnologia. Mas não se deve deixar enganar: professores, mesmo com todo o conteúdo disponível na internet, são fundamentais. Na sala de aula, o professor deve ser o mediador, mostrando os caminhos e as possibilidades aos alunos.

Alguns professores já lançam mão da ótima ideia de criar uma conta de blog ou e-mail conjunto com os alunos. No ambiente virtual, o tempo na sala de aula pode ser expandido, ou seja, não é mais somente no espaço físico que o aluno está em contato com os assuntos estudados. O blog também oferece oportunidades para aqueles que têm mais dificuldade de se expressar oralmente em sala de aula ou precisam desenvolver suas habilidades em escrita.

Os professores devem encarar os novos desafios da sala de aula de frente. Cursos de capacitação já existem e vão se multiplicar no futuro, na medida que as escolas incluírem cada vez mais tecnologia em suas rotinas. No entanto, espera-se que o professor tenha iniciativa. Antes que tudo, ele deve ser um pesquisador na própria área. Também precisa estar à frente no conhecimento sobre novas tecnologias, caso contrário, seus alunos perderão o interesse porque têm acesso a um conteúdo muito mais dinâmico em outros ambientes.

Nesse cenário, a própria figura do professor passa por profundas mudanças. A imagem do professor como mediador e pesquisador não deve ser subestimada. O seu papel, na verdade, nunca foi tão importante para o aluno, pois o professor funciona como uma referência a ser seguida em meio a tantas informações e caminhos.

Author Image

Por WPensar

Desenvolvemos a melhor e mais completa plataforma de gestão escolar para instituições de ensino, otimizando a capacidade gerencial e oferecendo uma nova visão da administração.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine e receba nossos posts direto no seu email