Como adaptar a escola para alunos com necessidades especiais

Como adaptar a sua escola para alunos com necessidades especiais



Toda escola é obrigada por lei a ter a estrutura necessária para receber crianças com mobilidade reduzida. Para que sua instituição esteja preparada para a chegada de um novo estudante com necessidades especiais, é preciso capacitar os funcionários, o corpo docente e adaptar a estrutura física. Sua escola está preparada?

 

Você está pensando em abrir uma escola? Saiba que ela já deve ser inaugurada cumprindo todos os requisitos de acessibilidade. Clique aqui e leia o artigo: entenda o que é necessário para abrir uma escola.

 

Clique e inscreva-se no evento: Como será a escola do futuro (Eleva, Tamboro, Árvore)

Veja a seguir 6 dicas para tornar excelente a acessibilidade em sua instituição!

 

Dicas para adaptar a sua escola para receber crianças com necessidades especiais

 

  • 1. Alteração da entrada e acesso à circulação

 

O ideal é colocar rampas de acesso e orientar a passagem em locais com menor volume de pessoas circulando. A escola precisa construir rampas de acesso que permitam que o aluno chegue sem dificuldade até salas de aulas, andares superiores, bibliotecas, lanchonetes, quadras, brinquedos, salas de informática e demais ambientes. As rampas devem ter corrimões apropriados e em duas alturas, um com 0,70m e outro 0,92m. É importante lembrar que esse acesso deverá ser facilitado também à todos os ambientes usados pelos estudantes.

 

  • 2. Portas

 

As portas da instituição também precisam ser adaptadas para garantir a passagem de uma cadeira de rodas. É recomendado que a largura do vão seja de no mínimo 0,80 m e a altura de 2,10 m. A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) desenvolveu o Manual de Acessibilidade da instituição, que orienta e informa sobre as Medidas Padrão Para Cadeirantes. Fique atento!

 

  • 3. Modificações da sala de aula

 

Além do acesso fácil e da porta com dimensões adequadas, a sala de aula precisa estar adaptada para atender esses estudantes com necessidades especiais. As lousas devem ser instaladas a uma altura inferior a 0,90 m do piso. Os móveis devem ser acessíveis e um cadeirante precisa passar com facilidade até chegar ao seu local na sala. Os móveis devem ser dispostos de maneira que o deficiente consiga visualizar o professor e o quadro-negro com facilidade, e as fileiras de carteiras devem ter largura suficiente para que o aluno circule pela sala.

Para que isso seja adaptado da melhor maneira possível, é recomendado que pelo menos 1% do total das carteiras, sendo no mínimo uma para cada duas salas de aula, seja especial para cadeirantes. Para isso, a mesa deve ter altura flexível chegando ao mínimo de 0,73 m do piso. Essa preocupação deve se estender ao refeitório e lanchonetes, para permitir que o aluno possa se alimentar confortavelmente.

 

  • 4. Banheiros

 

Tanto alunos quanto professores precisam ter acesso a banheiros especiais adaptados para cadeirante. Para isso, no mínimo 5% dos sanitários da escola precisam ser adaptados, garantindo que haja pelo menos um banheiro adaptado masculino e outro feminino. Além disso, 10% dos demais sanitários devem ser facilmente adaptáveis, caso se faça necessário por um aumento do número de alunos da escola. Além de portas grandes e altura do vaso adequada, os banheiros devem possuir barras de apoio para o vaso sanitário e para os lavatórios.

 

  • 5. Guichês, balcões e bebedouros

 

Todos eles devem ser adaptados, com fácil acesso e com portas, quando for o caso, que permitam a entrada do cadeirante. O ideal é que 50% dos equipamentos sejam acessíveis, com altura livre inferior de no mínimo 0,73 m do piso.

 

  • 6. Símbolo internacional de acesso

 

Símbolo internacional do acesso

Utilize o símbolo internacional do acesso na sua escola!

 

Para indicar o acesso para pessoas com necessidades especiais, bem como móveis especiais e banheiros adequados, é necessário fazer uso do símbolo internacional de acesso. O ideal é que o símbolo seja desenhado em branco sobre o fundo azul, mas é aceito também em branco e preto.

 

Saiba mais sobre o assunto: entenda qual é a responsabilidade civil das escolas ? quais os deveres da instituição para com seus alunos.

 

Assista também à palestra online: direito para escolas.
Clique e inscreva-se no evento: Direito para escolas
A sua escola já fez essas alterações? Conte pra gente nos comentários e compartilhe esse artigo!

 

Author Image

Por WPensar

Desenvolvemos a melhor e mais completa plataforma de gestão escolar para instituições de ensino, otimizando a capacidade gerencial e oferecendo uma nova visão da administração.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine e receba nossos posts direto no seu email