Projetos arrojados podem combater a indisciplina e a evasão escolar



A tecnologia não é mais um luxo na vida das pessoas. Adultos, adolescentes e até crianças usufruem de aparatos que, além de entreter, oferecem um mundo de possibilidades na obtenção de informação. Como resultado, temos uma sociedade muito mais hedonista quando se trata de busca de conhecimento, procurando por aquilo que seja mais prazeroso ao invés de obrigatório. Por outro lado, ainda há o velho modo de se pensar a educação, muitas vezes maçante e sem uma comunicação eficiente entre o corpo docente e alunos, gerando desinteresse e até evasão escolar.

Olhando esse panorama, um gestor vê-se na necessidade de desafiar os paradigmas e tentar vislumbrar maneiras mais eficientes de tornar a escola um ponto de encontro atraente para os alunos. Claro, nem todos os índices de evasão são aumentados necessariamente pela aula entediante, ou pela estrutura da escola; mas grande parte dos alunos que abandonam os estudos podem ter perdido a conexão com o ambiente em classe.

Como evitar a evasão escolar com projetos arrojados

Soluções das mais diversas são tentadas, como reuniões, treinamentos e até a busca de alunos em suas casas. Porém, as medidas que mais se mostram eficientes são as que inserem a escola no ambiente do aluno.

Teatro, música, dança, cinema e cultura em geral podem ser ótimas maneiras de injetar o sentimento de identificação do aluno pela escola. Quanto mais ele percebe que não está isolado, sento bombardeado somente por matérias e informações impessoais, mais ele se sente responsável por corresponder às expectativas nele depositadas.

Se em um evento cultural o aluno é responsável por exercer algum papel, muito provavelmente ele terá mais vontade de honrar compromissos, dará mais valor ao que pensam dele e, por fim, entenderá que é parte essencial no funcionamento da escola.

Inserir projetos arrojados na escola, ou mesmo em cursos, traz uma mobilização coletiva, peneirando talentos e acentuando esse comprometimento de cada um dos estudantes. Vira uma corrente de cooperação e interdependência.

Se há casos de indisciplina dentro de sala de aula por parte de um aluno específico, cabe aos gestores e professores o mapeamento de causas e a busca pela solução mais personalizada possível. Pode ser uma fase passageira, problemas em casa ou mesmo o desinteresse total pelo ambiente acadêmico. Ter um panorama mais abrangente permite aos professores e coordenadores ações rápidas e pontuais, evitando gasto desnecessário de energia.

Tudo começa com o aperfeiçoamento dos mecanismos de comunicação. Tendo-se uma integração entre professores, alunos, pais e coordenadores, pode-se exercitar diariamente o mutualismo mais eficaz na missão de melhorar os índices de evasão e indisciplina.

As escolas e institutos mais conectados com a modernidade já descobriram que fica quase impossível o gerenciamento competente de todo o ambiente escolar sem um bom programa de gestão. Por isso, cada vez mais o mercado apresenta soluções inovadoras.

Atualmente, é possível identificar alunos faltosos ou indisciplinados, mobilizar professores e pais em reuniões por videoconferência, estabelecer gráficos precisos do foco mais emergencial e medir resultado de ações. Tudo isso com softwares intuitivos que são parceiros indispensáveis na missão de ensinar.

Não dá mais para empurrar a situação usando metodologia antigas, principalmente com opções tão fantásticas no mercado. Mentes são patrimônios muito valiosos para serem negligenciados e perdidos por falta de investimento.

Como sua escola lida com a indisciplina e a evasão? Compartilhe suas experiências conosco através dos comentários!

 

^A1D0642C0410C39DE61C7657D81AF36BC80FADDF602978D9DD^pimgpsh_fullsize_distr

Author Image

Por WPensar

Desenvolvemos a melhor e mais completa plataforma de gestão escolar para instituições de ensino, otimizando a capacidade gerencial e oferecendo uma nova visão da administração.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine e receba nossos posts direto no seu email