O inverno chegou: prepare a sua escola para evitar as doenças da estação



O inverno é a época do ano em que as escolas devem se preocupar muito com os cuidados para manter a saúde das crianças. É muito comum que, com a chegada do frio, uma série de doenças virais possam ser facilmente transmitidas no ambiente escolar.

Isso porque existe uma grande concentração de alunos em uma mesma sala de aula, que são locais fechados e pouco arejados. Como é difícil evitar a aglomeração de alunos nessa época do ano, alguns cuidados podem ser tomados para evitar a transmissão de doenças nessa estação.

Que tal conhecer o que é possível fazer para garantir a saúde dos seus alunos? Leia o nosso artigo de hoje!

Oriente crianças doentes a ficarem em casa

O primeiro cuidado que deve ser tomado com relação à saúde dos alunos é enviar um informativo para os pais, explicando sobre os riscos comuns de transmissão de doenças no inverno. Peça pela compreensão deles para que os alunos doentes não frequentem as aulas.

Evitar que as crianças que já apresentam algum sintoma de gripe ou de outras doenças da estação frequentem a sala de aula com outros alunos que ainda estão saudáveis, é uma maneira de diminuir a transmissão de epidemias. Além disso, o repouso é recomendado para que a criança se recupere mais rapidamente e volte logo ao convívio escolar.

Estimule a higiene entre os alunos

Os cuidados com a higiene são essenciais para diminuir a transmissão de doenças relacionadas ao inverno, já que muitas são transmitidas pelo ar e pelo contato direto com a secreção do doente. Estimular a prática de higiene entre os seus alunos, como lavar bem as mãos sempre que forem ao banheiro ou que tiverem contato com a sua própria secreção (como através do espirro ou ao coçar os olhos), pode ajudar a evitar a transmissão para outros colegas. Utilizar o auxílio de lenços ou de panos para espirrar ou para remover o excesso de secreção pode ser importante também!

Garanta uma alimentação de qualidade para as crianças

Crianças mal nutridas apresentam maiores riscos de contrair doenças pois se apresentam mais fracas e com a imunidade mais baixa. Por esse motivo, oriente os pais sobre a importância de se manter uma alimentação equilibrada, inclusive nos lanches que são enviados para a escola. Assim, é possível garantir o fortalecimento da resposta imune de seus filhos. Se você trabalha em uma escola em que a refeição é oferecida pelo estabelecimento, garanta que o cardápio seja elaborado de acordo com as orientações nutricionais essenciais para crianças.

Fique atento à hidratação

Hidratar-se corretamente é uma maneira de evitar as doenças típicas do inverno, já que a ingestão de água permite que o organismo da criança funcione de maneira mais efetiva no combate de doenças. Por esse motivo, estimule os seus alunos a ingerirem bastante água ao longo do dia, orientando os pais para que façam o mesmo em casa, reduzindo as chances de contrair doenças virais.

Oriente os pais a acompanharem o calendário de vacinas

As crianças devem estar com a vacinação em dia para frequentar o colégio. Oriente os pais sobre a importância de obedecer o calendário de vacinas essenciais para a manutenção da saúde, evitando que a criança ofereça riscos à saúde dos colegas de classe, dos professores, dos funcionários da escola e até mesmo dos próprios pais.

Notifique pais e funcionários sobre doenças contagiosas

Se alguma criança receber o diagnóstico de alguma doença contagiosa como, por exemplo, a caxumba, a catapora, a hepatite ou outras que são de fácil contração e que oferecem risco à saúde de todos que convivem com o indivíduo, uma notificação deve ser feita imediatamente a todos os pais e a todos os funcionários da escola! Essa notificação tem como objetivo informar todos os pais sobre os sintomas da doença e do possível risco de contaminação.

Assim, você permite que as crianças que também contraíram essa doença sejam diagnosticadas mais rapidamente. Essa atitude também evita que outras pessoas sejam contaminadas.

Para não expor o aluno contaminado, evite falar qual criança contraiu a doença, informando somente a presença de um caso da doença no ambiente escolar. Esses cuidados citados acima podem ajudar a controlar a epidemia de doenças comuns do inverno na sua escola, garantindo a saúde dos seus alunos, dos pais, dos funcionários e dos professores do estabelecimento.

Já teve que tomar alguma atitude em relação a algum aluno doente na sala de aula? Compartilhe as suas experiências conosco!

banner-pagina-de-materiais (1)Agende uma demo - Geral

Author Image

Por WPensar

Desenvolvemos a melhor e mais completa plataforma de gestão escolar para instituições de ensino, otimizando a capacidade gerencial e oferecendo uma nova visão da administração.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine e receba nossos posts direto no seu email