Gestão é base para elevar a qualidade do ensino



A qualidade do ensino nacional é uma questão importante, que tem sido objeto de constantes debates e que passa necessariamente por um importante ponto: a gestão. Para que a administração nas escolas públicas melhore, uma qualificação mais eficiente dos gestores se faz necessária. Eles precisam aprender  como fazer da educação um processo mais democrático dentro da própria sociedade, ou seja, saber como fazer a ponte entre a escola e o grande público social numa via mais democrática. Para isso, argumenta-se, precisam ser capacitados.

Há, no entanto, diversos desafios para uma formação mais eficiente dos gestores de educação. Um exemplo desses desafios é o de conhecer a realidade da comunidade em que está inserida a escola. Não conhecê-la evita muitas vezes a possibilidade de desenvolver um planejamento adequado para a situação apresentada no local, que dê conta de aproveitar o potencial dos alunos. Outra dificuldade é fazer com que os gestores deem sequência aos planos que já deveriam estar em andamento. Por não saber como fazê-lo, acabam deixando de lado ideias já existentes (ou que estavam em andamento em eventual troca de gestão) e perdem a sintonia que deve haver entre as escolas municipais de todo o território nacional.

Desafios na capacitação de gestores

Algo que se precisa entender é que gestão não se encerra somente no aspecto administrativo, mas envolve também habilidade para lidar com recursos humanos e pedagógicos. A pedagogia perpassa todo o processo educacional e deve envolver todos os funcionários de uma escola. O investimento nos gestores é o mais importante; por outro lado, não se pode esquecer da contínua formação das Secretarias da Educação dos municípios, que têm um papel fundamental nesse processo, pois distribuem recursos e são responsáveis também pela qualidade do ensino que oferecem às crianças.

A seguir, confira uma iniciativa que tem alcançado resultados interessantes no país e que tem sabido como contornar esses desafios.

Exemplo do programa Melhoria da Educação no Município

O programa Melhoria da Educação no Município é uma iniciativa da Unicef com a Fundação Itaú Social. Sua proposta inicial era de capacitar gestores da educação a produzir um plano de ação direcionado ao seu município, depois de fazer um diagnóstico local a partir de indicadores sociais, encontrando espaços educativos mal aproveitados (parques, museus, bibliotecas) e analisando algumas fragilidades do sistema de educação (como descompasso entre o que a criança aprende e o que ela utiliza no seu dia a dia). Esse programa é uma iniciativa importante no campo e já capacitou 3.438 gestores – o que envolve mais de mil municípios em dezessete estados do país. Ao ser capaz de encontrar a raiz dos problemas, ficou mais fácil saber onde atacá-los com melhor êxito.

Para não correr o risco de que os gestores já capacitados entrem numa rotina e deixem de lado o que aprenderam, o programa garante seminários nos municípios que já receberam o treinamento, com intenção de atualizar os seus gestores, o que fortalece a qualidade na educação. A pauta nesses seminários é trazer os próprios profissionais para discutir a importância do seu papel no processo educativo. Os seminários são conduzidos na sua maioria à maneira de oficinas, em que tarefas (problemas hipotéticos) precisam ser solucionadas. A partir daí, os gestores se atualizam.

Este post foi útil para você? É gestor e deseja compartilhar com a gente alguma ideia, experiência ou opinião? Deixe um comentário!

banner_ebook-os-desafios-para-uma-gestao-de-sucesso_750x125

Author Image

Por WPensar

Desenvolvemos a melhor e mais completa plataforma de gestão escolar para instituições de ensino, otimizando a capacidade gerencial e oferecendo uma nova visão da administração.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Assine e receba nossos posts direto no seu email