Dicas e conselhos para tirar a sua escola do vermelho



Os gastos de uma escola particular são grandes e quando a gestão não é bem feita, os riscos de acabar no vermelho são reais. Muitas escolas, ao não conseguirem superar esse difícil momento financeiro, acabam fechando. Entre os problemas mais comuns estão a má gestão da inadimplência e um total descontrole dos gastos. Quando as contas não fecham, é preciso ser rápido e lançar mão de estratégias eficazes para que o controle financeiro seja possível. Para isso, separamos algumas dicas úteis e práticas que poderão ser realizadas com facilidade.

Faça um levantamento e uma análise real da situação

Caso a escola ainda não tenha, faça um levantamento dos gastos fixos existentes. Nele, coloque tudo. Luz, água, gasto com funcionários, gasto com suprimentos básicos, salários de docentes, entre outros. Faça o mesmo com o que tem para receber. Levante não apenas as mensalidades que devem ser pagas no próximo mês, mas também o valor que a escola deixou de receber devido à inadimplência. Sim, esse é um problema da maioria das escolas particulares e que precisa ser solucionado. Para isso, saber qual a real situação da inadimplência é essencial para lançar mão de uma estratégia eficaz de cobrança.

Coloque em uma planilha tudo que deverá entrar na escola, ou seja, o valor da mensalidade dos alunos e o valor devido pelos inadimplentes. Provavelmente, é devido a grande taxa de inadimplência que a sua escola chegou ao vermelho. O que deve entrar no mês é o suficiente para pagar todas as contas? Se a resposta for sim, você deve partir para uma política de controle de inadimplência. Se mesmo com o valor previsto de entrada e saída de dinheiro o orçamento não fechar, ou seja, o valor a ser gasto for maior do que o que deve entrar de dinheiro, é necessário ver onde você pode cortar gastos. Caso o valor seja suficiente, mas o que causa o problema maior seja a inadimplência, uma política de combate a esse problema deve ser implantada imediatamente (clique aqui e saiba como fazer isso).

Inadimplência

Um software de gestão pode reduzir a inadimplência da sua escola. Trata-se de uma ferramenta de gestão escolar que permite melhor controle por pais e gestores dos pagamentos realizados. Através dele, é possível agilizar o sistema de cobrança, recuperar valores que ainda não foram pagos e ter um fluxo de pagamentos mais linear. Tudo isso é essencial para a recuperação das finanças da instituição de ensino. O ideal é que a primeira cobrança seja feita dias depois do vencimento do boleto ter ocorrido e do pagamento não ter sido feito. Muitas vezes, por não receberem os boletos em mãos, ou algum tipo de aviso sobre a chegada da mensalidade escolar, os pais acabam esquecendo de efetuar o pagamento. Deixar duas ou mais mensalidades acumularem, ficará mais difícil colocar o valor total em seu orçamento mensal, ou seja, a tendência é que o pagamento continue atrasado. Por isso, a agilidade da cobrança é essencial para diminuir o índice de inadimplência escolar.

Cuide das contas a pagar

Com a recuperação trazida pela política de combate à inadimplência e com a melhor visão dos gastos existentes, é possível melhorar o gerenciamento de contas a pagar e a receber. Com isso, você conseguirá pagar o que deve em dia, diminuindo o gasto com multas, que, embora muitas vezes passem despercebidas, pesam muito nas contas de qualquer empresa. Todo tipo de economia é válido, desde com papel na secretaria à energia das salas de aula. Para que tudo isso seja possível, reúna-se com os seus colaboradores e lance metas de economias para que sejam alcançadas por todos. Só com a colaboração da equipe isso será possível. Por isso, é importante se reunir e treiná-los para essa nova força tarefa da instituição.

Demissões e horas extras

As demissões só devem ser feitas em última escolha. Pense primeiro que demitir é caro, pois há quebra contratual e pagamento de várias taxas. Além disso, contratar e treinar outra pessoa depois para fazer o mesmo papel da atual pode sair mais caro do que manter quem já está trabalhando. Refaça a escala de funcionários de modo que você consiga evitar ao máximo o pagamento de horas extras para secretários, inspetores, porteiros, faxineiros, entre outros. Com isso, enxugará sua folha de pagamento e ficará mais fácil de controlar os gastos e sair do vermelho.

Busque novos alunos

Depois de ter organizado a gestão, controlado a inadimplência, refeito a escala de funcionários e diminuído ou até zerado o número de horas extras, conquiste novos alunos. Divulgue a sua escola, enfatize os diferenciais e atraia estudantes.

Como você costuma gerir as contas escolares? Tem um programa de combate à inadimplência? Conte pra gente nos comentários! 

wpensar-banner-blog-ebook-inadimplencia-750x125

banner-appoia-2

Author Image

Por WPensar

Desenvolvemos a melhor e mais completa plataforma de gestão escolar para instituições de ensino, otimizando a capacidade gerencial e oferecendo uma nova visão da administração.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Toda semana artigos sobre educação diretamente no seu email


Pronto para economizar tempo e aumentar seu poder de gestão?

Sistema de Gestão Escolar Inteligente

Sistema WPensar

CONHEÇA O WPENSAR


Aprenda sobre Gestão Escolar com nossos materiais educativos!

Potencialize suas habilidades de gestor

Materiais WPensar

BAIXE GRÁTIS




Assine e receba nossos posts direto no seu email